Carregando...

Branded Content

Valioso, relevante e consistente para atrair e reter seu público
Conheça mais
a escolha do conteúdo de acordo com o público alvo

E agora. Qual conteúdo gerar?

O primeiro passo na hora de definir o tema da sua empresa é pensar no público alvo. Na maioria das vezes o erro já acontece aí: muitas empresas escrevem para si próprias, não para seu público.

É consenso entre os profissionais de branded content falar da importância de blogs e mídias sociais como parte essencial da estratégia online de uma empresa.

O problema é que sobram empresas que seguem o primeiro passo desse conselho, mas depois acabam não escrevendo coisas relevantes e interessantes para o seu público. Isso vai desde o extremo das empresas que só escrevem coisas na linha do “bom dia” ou “como estão?”, até aquelas que são meio egocêntricas, só publicando posts sobre eventos/festas na empresa, últimas aparições na mídia, novos projetos ou assuntos, aparentemente interessantes, mas de mundos completamente diferentes do mercado em que a empresa atua.

Esse tipo de ação quase nunca é lida ou compartilhada. O investimento de tempo e dinheiro da empresa se transforma em algo que não vai dar nenhum tipo de retorno. Isso se deve principalmente a falhas na hora de escolher o conteúdo para esses canais.

As alegações de “humanizar a marca”, “gerar engajamento” ou “ter boa repercussão”, não é o que dá resultados. Não que o conteúdo sempre deva ser sério ou frio, mas é importante que se mantenha sempre ao menos alguma relação com a área de atuação e não vá contra a imagem que a empresa deseja criar de sua marca.

Ajuda muito nessa etapa a criação de personas, que são nada mais que um personagem que represente seu cliente típico.

Existem empresas que levam isso muito a fundo, dando nomes e criando até mesmo bonecos com a persona.

Isso facilita na hora de lançar um novo conteúdo. Antes de escrever, é só pensar e discutir com a equipe se de fato o personagem se interessaria por isso.

Deixe uma resposta